FARRA EM NOME DE DEUS! Assis Ramos e Pastor Cavalcante uma relação promíscua bancada com dinheiro público!!!

Share:



O Prefeito Assis Ramos e o líder da Assembléia de Deus, Ministério COMADESMA, Deputado e Pastor Cavalcante, vem construindo uma relação baseada em votos e nos cofres do município. 



Pastor Cavalcante entrou na relação com a promessa de levar os votos dos fiéis para a reeleição do prefeito, por outro lado a contra-partida do prefeito-honesto foi a abertura total dos cofres do municipio. 

Vários e vários pastores entraram na folha de pagamentos do município, até o Pastor Wilson Filho, mesmo no periodo que passou nos Estados Unidos no inicio desse ano, recebeu o salário sem nenhum problema. 

Pra mostrar ao Pastor Cavalcante que ele não tem pena de gastar o dinheiro público, o Pastor Wilson Filho foi nomeado secretário de desenvolvimento econômico, no lugar do Josivaldo JP. 

O truculento prefeito, numa demonstração clara que tem amizades com as autoridades e está acima da nossa legislação, permitiu que o Pastor Wilson Filho nomeasse o seu irmão Wilmar Gonçalves Moreira, configurando dessa forma o crime de NEPOTISMO, mas os crimes cometidos continuam, Wilmar foi nomeado no período eleitoral, onde é proibido qualquer contratação. 

Dessa forma fica fácil o Pastor Cavalcante dizer que anda num veiculo que custou R$ 226 mil reais, pago pela igreja. 

Assis Ramos vem bancando com dinheiro público os amigos e os parentes há muito tempo, vocês se lembram do compadre dele que mora em Coelho Neto e foi denunciado pelo Vereador Carlos Hermes? Esse mesmo, ele recebia R$ 5.300,00 sem nunca ter colocado os pés na prefeitura. 

Em meados do ano passado, outro compadre do prefeitão top das galáxias, padrinho do filho do prefeito, esse morava na casa do prefeito, disse em uma entrevista num programa de rádio, que recebia um alto salário, mas era obrigado a dividir com a irmã do prefeito, isso mesmo, a irmã do prefeito, e ele disse mais, disse que tinha como provar, porque fez vários depósitos na conta dela e inclusive, fez transferências bancárias.

A cidade toda ficou sabendo, mas parece que a Promotora de Justiça, Nahyma Ribeiro Abas, não ouviu essa entrevista. Isso foi em apenas 4 anos, ganhando novamente, os esquemas serão ainda maiores, certamente ele comprará o restante da cidade!!!


 
























Nenhum comentário