ENGEFORT e CODEVASF foram denunciadas no Ministério Público Federal por suposto superfaturamento no anel viário!!!

Share:

O denunciante questiona também o valor da obra, segundo ele, foram pagos cerca de R$ 3 milhões de reais e só foram asfaltados 2,2 quilômetros, saindo por quase R$ 1,4 milhão de reais o quilômetro, enquanto que o valor de mercado é na faixa de R$ 500 mil reais, nas mesmas condições e características da obra


A Construtora Engefort e a Codevasf foram denunciadas no Ministério Público Federal por suposto superfaturamento na obra do anel viário de Imperatriz.

Segundo o denunciante, a obra foi feita com materiais de péssima qualidade, com apenas um mês depois de entregue, já apresentava buracos, o denunciante questiona também o valor da obra, segundo ele, foram pagos cerca de R$ 3 milhões de reais e só foram asfaltados 2,2 quilômetros, saindo por quase R$ 1,4 milhão de reais o quilômetro, enquanto que o valor de mercado é na faixa de R$ 500 mil reais, nas mesmas condições e características da obra!!!


Nenhum comentário